A origem da gordura localizada!

A origem da gordura localizada!

Olá a todos! Essa semana vamos falar sobre um pequeno detalhe que pode ser o motivo pelo qual a definição muscular ainda não esteja evidente no seu corpo.

A gordura localizada não escolhe idade nem sexo para se instalar e atrapalhar na hora de mostrar a definição muscular, principalmente quando o assunto é abdômen.

Aposto que nesse momento está passando pela sua cabeça: Ok, então o que devo fazer para dar um fim nisso?

Já dizia o sábio: Conhecer o inimigo é a melhor estratégia para ganhar a guerra...

Pensando nisso, nessa semana vamos conhecer melhor  sobre o ADPOCITOS, células responsáveis por armazenar a gordura do nosso corpo...

 O inicio de tudo!

Desde os últimos meses da vida intra-uterina o tecido adiposo ou gorduroso, começa a ser formado.

Esse tecido tem predominância de células de gordura ( adipócitos), um tipo especial de célula que tem a característica de acumular quantidades de  lipídios (gordura) em sua citoplasma ( região localizada no interior da célula)

O número dessas células adiposas aumenta de quantidade (hiperplasia) variando de rápida reprodução durante o primeiro ano de vida a lenta reprodução até os 10 anos de idade.

Até a adolescência (puberdade) o número de células adiposas aumenta em um processo lento, auxiliando o corpo em seu processo de crescimento e maturidade, mantendo-se estável após essa fase.

Na fase adulta, as células de gordura não aumentam de quantidade, apenas em tamanho ( hipertrofia), porém, quando ocorre um aumento de tamanho exagerado da célula de gordura (hipertrofia) pode haver também um aumento de sua quantidade ( hiperplasia) em casos extremos.

Em outras palavras, é durante as fases da infância até a puberdade que adquirimos quantidades de células de gordura, após essa fase apenas as tornamos  mais cheias quando engordamos ou vazias quando estamos mais magros, porém não conseguimos mudar a quantidade de células adiposas, apenas em casos extremos como já foi dito.

 

Função do tecido adiposo no corpo.

O tecido adiposo oferece ao nosso corpo isolamento térmico, contorno e modelagem ao nosso corpo, protege e auxilia na fixação dos órgãos, porém a sua mais importante função é o  fornecimento de energia, pois funciona como um deposito de triglicerídeos ( uma forma de gordura  que utiliza a corrente sanguínea para circular pelo corpo).

Segundo bases da fisiologia, a quantidade de gordura corporal normal para homens e mulheres varia de acordo com sua faixa etária, porém podemos presumir uma medi a de 25% nas mulheres e 20% nos homens. Quantidades acima desse padrão podem ser consideradas excesso de gordura.

O excesso de gordura  ( tecido adiposo) pode  se apresentar  no corpo de 3 formas:

1- Excesso de peso: é caracterizado quando a pessoa tem muita gordura e o acumulo de tecido adiposo é grande  podendo trazer riscos de saúde.  Para os homens a circunferência do abdômen, sendo medida na linha do umbigo, deve ser menor que 102 cm e para as mulheres menor que 88cm.

2- Excesso de Gordura na Composição Corporal: quando a pessoa tem uma proporção de gordura maior, comparado com os tecidos magros (músculos, órgãos e ossos), isto pode ocorrer com ou sem excesso de peso. Mesmo pacientes magros  podem ter excesso de gordura na composição corporal, são os que chamamos de falso magro.

3- Gordura Regionalizada: Gordura regionalizada é a gordura que está presente em determinadas regiões nos homens e das mulheres, que fazem parte da estrutura do corpo devido aos hormônios e particularidades dos sexos. Um exemplo de gordura regionalizada na mulher são os culotes e nos homens a barriga.

Afinal o que é gordura localizada?
 

 Quando adquirimos por meio da alimentação mais energia do que consumimos diariamente os adipócitos entram em ação para armazenar a gordura dos alimentos ( lipídios e triglicerídeos), com a intenção de utiliza- lá em um período escasso de energia (comida). Tudo isso, pois o nosso corpo não foi projetado para lidar com essa quantidade e facilidade de alimentos que além de serem adquiridos sem o menor esforço físico, vem repleto de químicas e substancias  artificiais.

 O lugar  onde o metabolismo armazena energia  no nosso corpo chama-se camada gordurosa e está divida em duas partes:

1-  A mais próxima a derme ( camada profunda da pele) chama-se camada superficial

 ( areolar), quando as células dessa camada estão grandes ( hipertrofia) aparecem os sinais de celulite.

2- A camada  profunda ( lamelar) é responsável pelo excesso de peso.

Nessa região, o aumento de tamanho da célula (hipertrofia) dá origem ao que chamamos de gordura localizada.

 A gordura localizada é um aumento da área onde já existe a gordura regionalizada. Não se deve confundir a gordura localizada com as outras formas de excesso de gordura (excesso de peso, excesso de gordura na composição ou gordura regionalizada )

Em outras palavras a gordura localizada é um alerta de que o corpo necessita de equilíbrio.

 

Hormônio e flacidez muscular cúmplices da gordura localizada!

 

Tanto para os homens como para as mulheres fatores como flacidez muscular e hormônios são fatores determinantes para a formação da gordura localizada.

Enquanto nas mulheres os hormônios femininos  direcionam a gordura para locais  gerando os culotes, o quadril largo, abdômen saltado abaixo do umbigo  e a celulite, no homem a gordura deposita principalmente  no abdômen, gerando os “pneuzinhos” e a 'barriga" .

A flacidez muscular gera no metabolismo um gasto de energia menor auxiliando  o acumulo de energia que no caso chamamos de gordura.

O  estresse, medicamentos, alimentos industrializados, toxinas, poluição  e a vida sedentária  são os responsáveis pelo desequilíbrio do nosso metabolismo que por sua vez é responsável pelo acumulo de gordura no corpo.

Podemos sim mudar esse quadro, porém é muito importante saber que anos de acumulo de toxinas, retenção de liquido e gordura localizada não irá desaparecer como mágica, tão pouco em uma semana.

Se você estiver disposto a mudar e conseguir o melhor para seu corpo e saúde, está convidado nas próximas semanas acompanhar a seleção de matérias especiais que separei para o verão. São importantes orientações e sugestões  para auxiliar você a sair da rotina e dar um  “UP”   no metabolismo  e no seu corpo.

Para a próxima semana não perca a matéria:

Equilibrando a gordura localizada!

Com importantes orientações para auxiliar no equilíbrio do corpo de dentro para fora e entender o caminho certo para diminuir a gordura localizada de maneira saudável.

Envie suas dúvidas e sugestões para  tati.fit@flagranteurbano.com.br

Para mais dicas de saúde visite o meu blog  http://blogtatifitilantes.blogspot.com.

Nos vemos na semana que vem...

Tenha uma ótima e movimentada semana!

Tatiana Pitta Gabriel.

Personal Trainer, criadora do método de treinamento X TRAINING