Acupuntura para Gestantes

Acupuntura para Gestantes

Durante a gestação ocorrem grandes mudanças no corpo e organismo da mulher, desde conflitos emocionais até físicos. Como a Acupuntura visa restabelecer o equilíbrio é uma ótima opção para as futuras mamães. A acupuntura aplicada a ginecologia e obstetrícia tem uma longa história, os primeiros registros sobre a utilização da acupuntura e da medicina tradicional chinesa nos problemas da gestação e do parto datam da dinastia Shang em 1.500 a.C. Desde que realizada com um profissional qualificado, a acupuntura é indicada para todas as gestantes, inclusive as gestações de alto risco.

A acupuntura não apresenta nenhum risco a mãe e ao bebê, desde que tomados os cuidados necessários.  Alguns pontos devem ser evitados a cada mês gestacional. Acupuntura é uma técnica extremamente segura e eficaz, não é agressiva ao organismo e quase não provoca efeitos colaterais, diferente de muitos medicamentos e outros procedimentos.

As mães que se submetem a essa técnica no período de pré-natal proporcionam benefícios não só para si mesma, mas também para a criança, que se desenvolve com mais saúde e um melhor sistema imunológico. A acupuntura pode ser aplicada antes, durante toda a gravidez, durante o trabalho de parto e no pós-parto.

Antes da gestação os estímulos de alguns pontos podem ajudar de modo significativo na fertilidade, e também ajuda no preparo do corpo da mulher para conceber um bebê. Como a acupuntura proporciona um equilíbrio energético, aumenta a resistência contra doenças e a estabilidade emocional.

Durante a gravidez a acupuntura também traz inúmeros benefícios. Melhora do sistema respiratório, cardíaco, imunológico, digestório, urinário, enfim na saúde em geral. Funciona ainda como analgésico, anti-inflamatório e antialérgico.

A acupuntura realizada durante a gravidez também ajuda a evitar náuseas e vômitos, comuns até o terceiro mês, contribui nos casos de cefaléias, má digestão, dor lombar ou abdominal, problemas na circulação, gastrites, dores de cabeça, rinites, enxaqueca, dores nas pernas, dificuldades no sono. Na parte emocional, pode amenizar distúrbios como ansiedade, depressão, estresse, etc.

Na hora do parto a acupuntura ajuda para deixar a mãe mais tranqüila e relaxada, alivia as dores do parto, que podem ocorrer no período de dilatação, na cesárea as dores pós cirurgia também podem ser amenizadas.

No pós-parto a acupuntura pode ajudar na depressão pós-parto, mas as pacientes que já realizavam acupuntura antes, dificilmente sofrem de depressão pós-parto, a estabilidade é muito maior com o organismo equilibrado. Os estímulos em determinados pontos também ajudam na produção de leite materno.

A mãe que realiza acupuntura durante a gestação tem uma melhor qualidade de vida, além disso, as energias que estão se formando no feto também começam a ser equilibradas, por isso a probabilidade da criança ser mais tranqüila e saudável.

Outras coisas também são importantes para uma gestação saudável:

  • Dormir bem, em média oito horas por dia;
  • Procure dormir de lado com travesseiro entre as pernas para um melhor conforto;
  • Comer aos poucos, várias refeições ao dia;
  • Dieta deve ser rica em proteína e com baixo teor de sódio;
  • A partir de 24 semanas a audição do feto já esta em formação, procure conversar com ele e escutar musicas relaxantes; O pequeno precisa de carinho desde dentro da barriga.

Como vimos são vários os benefícios que a acupuntura pode trazer durante uma gestação, procure um profissional especializado para melhor esclarecê-la, isso só trará benefícios a você futura mamãe e ao seu bebê.

Tenham uma ótima semana!!

Drª Cristiane Lopes da Silva – Fisioterapeuta especialista em neuropediatria, acupuntura e pilates. Criadora do método X-TCsystem blog http://acupunture-se.blogspot.com