Ai que dor no pescoço!!!

Ai que dor no pescoço!!!

 

Ai que dor no pescoço!!!

 

A dor na região cervical (pescoço) é uma das dores mais freqüentes, que em 70% dos casos pode ser prevenida. A dor cervical pode ter inúmeras causas, às vezes ela se concentra no pescoço num caso mais leve ou pode se irradiar para região do trapézio, ombros, braços ou mesmo para cabeça. Pode permanecer por um curto período de tempo, por alguns dias ou se não tratada virar um problema crônico.

Como disse as causas podem ser inúmeras dependendo do local da dor, na sua grande maioria esta relacionada com uma má postura dormindo: são aquelas dores que aparecem quando acordamos e não conseguimos mexer o pescoço. Também podem aparecer devido uma tensão excessiva do músculo fruto do estresse do dia a dia. A região da cabeça e pescoço estão vulneráveis a muitos tipos diferentes de estresse: traumatismos, doenças da idade (desgastes ou artrites), disfunções da mordida postura inadequada e muitas outras causas.

Além da dor podem resultar em perda da função, como redução da amplitude de movimento, deformidades, fraqueza muscular, redução da sensibilidade e formigamento dos membros (Braços). Os sintomas leves costumam melhorar em poucos dias, casos que se prolongam por mais de dois meses acabam virando um problema crônico. Quando a dor não melhora é importante procurar um profissional para uma avaliação mais detalhada

Cervicalgia postural – quando adquirimos hábitos posturais ruins sem tomarmos consciência disso. Ex: curvar o pescoço para baixo quando lemos ou quando estamos em frente ao computador por períodos longos.

Dica: Mantenha sempre o pescoço numa posição neutra e não fique muito tempo em uma mesma posição. Regra – cabeça em posição neutra, costas e braços apoiados.

Dormir em uma posição errada também é um problema para o aparecimento da dor. Travesseiro que mantém o pescoço num ângulo muito alto ou muito baixo é um problema que pode desencadear uma cervicalgia postural.

Dica: O travesseiro deve manter a cabeça alinhada com a coluna, relaxado em posição neutra. Observe o alinhamento da coluna por trás se você dorme de lado e pelo lado se você dorme de costas. A posição de bruços coloca uma grande pressão no pescoço, por isso não é recomendado dormir nessa posição. A cama também deve dar suporte às costas caso contrário contribui para a dor cervical.

Na posição sentada é importante também manter o pescoço em uma posição neutra, principalmente a pessoas que ficam trabalhando em computadores por um período longo de tempo.

Dica: Não flexione o pescoço para frente, ajuste a altura do monitor para evitar a inclinação do pescoço, ajuste a mesa e cadeira em uma posição confortável, joelhos ligeiramente abaixo do quadril e pés apoiados. Os braços também dever estar apoiados para evitar a tensão cervical.

Ao dirigir procure continuar na posição neutra com o pescoço. Ajuste o acento para que o pescoço não incline para frente.

Dica: O banco deve estar próximo aos pedais, na altura correta para que você não faça extensão da coluna, os punhos devem estar ao nível do volante quando os braços estiverem esticados. Apoios de braços devem ser utilizados quando possível.

O importante é sabermos nos prevenir e não custa nada seguir algumas regrinhas.

Preste atenção na sua postura sempre que possível ao dormir, sentar, quando fica um periodo longo no computador ou ao telefone;

Evite carregar bolsas ou mochilas em um só ombro por muito tempo;

Alongue-se pelo menos uma vez ao dia;

Caso você venha a sentir dores fortes locais ou que se irradiam para os braços ou cabeça, procure um médico, uma avaliação precoce pode evitar problemas mais sérios no futuro. Se quiser só tirar dúvidas sobre posturas e prevenção, não havendo dor pode procurar um fisioterapeuta.

Alguns alongamentos que podemos incluir no nosso dia a dia para prevenir futuras dores e tensões:

    

Em pé ou sentado – colocar uma das mãos na lateral da cabeça inclinando o pescoço para o lado, contar até 15 segundos e trocar o lado. Repetir de 2 a 3 vezes.

 

                                           

Sentado ou em pé – Colocar as mãos atrás da cabeça e inclinar o pescoço para frente, contar até 15 segundos. Repetir de 2 a 3 vezes.

                                            

Rodar o pescoço para o lado, com uma das mãos atrás da cabeça, inclinar o pescoço para baixo, contar até 15 segundos e trocar o lado. Repetir de 2 a 3 vezes.

É importante também alongar membros superiores – em pé ou sentado, com uma das mãos apoiar o cotovelo e trazer o braço em direção ao corpo, contar 15 segundos e trocar o braço. Repetir de 2 a 3 vezes.

 

É importante durante os alongamentos manter uma respiração suave e uma postura correta, qualquer sinal de dor  forte interrompa o alongamento. Procure respeitar os limites do seu corpo, todo alongamento deve começar leve e conforme o corpo for se adaptando podemos aumentar sua intensidade.

                                    

Separe uns minutos do seu dia para você, isso pode evitar futuras dores e lesões!

Boa semana!!!

Draª Cristiane Lopes da Sila – Fisioterapeuta especialista em acupuntura criadora do método

 X-TC System Rehabilitation http://acupunture-se.bolgspot.com