Alegria no pedal, humilhação na cama

Alegria no pedal, humilhação na cama

Danificados pela pressão, os nervos tiram a elasticidade do pênis e não o deixam enrijecer

 

Andar de bicicleta é um exercício saudável e divertido. Só que, se você é homem e pedala mais de 8 horas por semana, cuidado para não ter surpresas frustrantes à noite, na cama. “Depois de algum tempo de uso, o selim tende a prejudicar a ereção e causar impotência”, disse à Super o urologista Archimedes Nardozza Filho, da Universidade Federal de São Paulo. A conclusão é segura, de acordo com pesquisa detalhada que ele fez sobre o assunto. “Quanto mais estreito é o assento da bicicleta, maior é a chance de uma disfunção”, afirma ele.

O problema é que o selim comprime os nervos do períneo, região anatômica entre o pênis e o ânus. “Um aperto suave já é motivo para preocupação”, diz Nardozza. A solução para quem não resiste à magrela é um assento mais largo e mais macio. A idéia é distribuir o peso do corpo por todo o quadril, evitando concentrá-lo na área do pênis.

 

Fonte: Superinteressante