Celular faz as pessoas fumarem menos

Celular faz as pessoas fumarem menos

Entre a cruz e a espada

Você fuma? Pois o bom e velho celular pode estar, bem sorrateiramente, cuidando dos seus pulmões. E nem é por causa das ondas que ele emite ou nada assim. Pesquisadores do World Bank Institute (uma organização internacional de apoio a países subdesenvolvidos) coletaram dados sobre o estilo de vida de 2.100 famílias das Filipinas em 2003 e, para comparar, de novo em 2006. Então, notaram a tendência: as famílias que tinham pelo menos um fumante e compraram pelo menos um celular nesse meio-tempo diminuíram em 33% o consumo individual de tabaco – o equivalente a um maço de 20 cigarros a menos por mês.

Por quê? É que os filipinos passaram a usar parte do dinheiro que gastariam com cigarro para pagar a conta do celular. Simples, né? Tanto que você pode pensar: “que besteira!”. Mas o World Bank diz que esse “fenômeno” pode sim ser trabalhado de forma a diminuir o número de fumantes (pelo menos nos países mais pobres). Leia o estudo completo aqui.