Chuvas expulsam mais de 26 mil pessoas de casa em PE e na PB

Chuvas expulsam mais de 26 mil pessoas de casa em PE e na PB

As chuvas que atingem o Nordeste do país já expulsaram mais de 26 mil pessoas de casa em Pernambuco e na Paraíba até a tarde desta terça-feira (19). De acordo com a Defesa Civil, 11 pessoas morreram nos dois Estados desde o fim de semana por causa dos temporais.

O novo boletim da Defesa Civil da Paraíba, divulgado no início da tarde desta terça-feira, mostra que o número de desalojados (os que podem contar com ajuda de vizinhos e familiares) no Estado por causa da chuva subiu para 19.753 pessoas, já os desabrigados são 1.922 (aqueles que perderam tudo e precisam dos abrigos públicos). No total, 40 municípios foram atingidos, sendo que 29 estão em situação de emergência. Duas pessoas morreram no Estado.

Em Pernambuco, o novo boletim da Defesa Civil aponta que o número de pessoas desabrigadas e desalojadas diminuiu, principalmente na cidade de Aliança. Na tarde desta terça-feira, o Estado tinha 1.460 pessoas desabrigadas e 2.980 desalojadas.

O número de mortes, de acordo com a Defesa Civil, era nove e 12 cidades eram atingidas pelas chuvas. Nenhuma cidade decretou Situação de Emergência ou Estado de Calamidade Pública. No entanto, cinco, das 12 cidades atingidas, já estavam em Situação de Emergência desde o dia 7 de maio deste ano, quando foi publicado no Diário Oficial do Estado o decreto 36.493.

O decreto vale por 180 dias e foi decorrente das fortes chuvas que atingiram o Estado no início do mês de maio. As cidades que já estavam em Situação de Emergência são: Jaboatão dos Guararapes; Camaragibe; Goiana; Timbaúba e Vicência. Mortes


A Defesa Civil da Paraíba confirmou nesta terça-feira a morte de um menino de dez anos que estava desaparecido após ser levado por um deslizamento em Campina Grande (PB), onde foi encontrado. A mãe estava com ele no acidente, mas foi resgatada.

Um homem de 20 anos está desaparecido desde segunda-feira (18), também após um deslizamento, de acordo com a Defesa Civil. O Corpo de Bombeiros realiza buscas para encontrar o rapaz. Neste domingo (17), um bebê de apenas dois meses morreu soterrado dentro do próprio berço em Puxinanã, após deslizamentos.

Em Olinda, no bairro de Aguazinha, um deslizamento matou duas crianças. Na mesma cidade, uma menina de 13 anos caiu em um bueiro aberto em uma rua alagada, no Bairro Novo. O corpo dela foi encontrado nesta segunda.

Outro deslizamento próximo ao km 3 da Estrada de Aldeia, no município de Camaragibe, soterrou uma casa na noite de sábado (16). Morreram Josefa da Conceição, seus dois netos e uma nora.

Um outro deslizamento de barreira, ocorrido na manhã deste domingo, no bairro de Vasco da Gama, zona norte do Recife, matou Rodrigo Firmino de Almeida, de 23 anos. Uma mulher, também de 23 anos, morreu em Recife após ter sido atingida por um deslizamento na capital, neste domingo.

R7