Efeito termogênico!

Efeito termogênico!

O verão está chegando e o desejo por um corpo mais harmônico, saudável e livre de gorduras está em alta nessa época do ano. Porém, essa também é a época em que a rotina das pessoas muda com as festas de fim de ano, férias, viagem, praia e tudo mais... O grande desafio é combinar o desejo de melhorar o corpo, com as tentações das festas e a mudança na rotina, certo?! A grande boa noticia é: O corpo humano perfeito em sua constituição metabólica tem um aliado poderoso para ajudar a solucionar essa questão.  Na semana passada falamos sobre termogênese; Agora entenda como usar o efeito termogênico a favor do seu corpo!

 

Super corpo

A melhor forma de mostrar um super corpo no verão é iniciar o trabalho de mudança ainda no outono, o trabalho em longo prazo preserva a saúde e faz os resultados serem permanentes. Porém ainda temos tempo de ajudar o metabolismo a se equilibrar e fazer com que as transformações iniciem e apresentem ótimas mudanças.

Nem preciso falar sobre a importância da atividade física para queima de calorias, definição muscular e saúde; Como já disse em outras matérias não existe formula mágica para o corpo perfeito, a mágica está em equilíbrio, dedicação e disciplina...

Sabemos que para cada tipo de objetivo existe uma estratégia, mas como o nosso tema atual é sobre a queima de calorias e sabemos que as férias e festas de fim de ano trazem um desafio a mais, nada melhor que saber como utilizar o efeito termogênico dos alimentos como aliado para quem quer conquistar um corpo na medida.

 

 

O que é o efeito termogênico?

                                                               

O corpo necessita de energia para suas funções vitais. Para produzir energia o metabolismo utiliza-se de um mecanismo chamado Termogênese (leia mais sobre o assunto na matéria da semana passada), a sua função é produzir energia por meio de quebras bioquímicas  dos alimentos para que ocorram ações fisiológicas.

 Todo processo bioquímico e  metabólico para gerar energia resulta na produção do calor elevando a temperatura corporal, porém, o corpo humano trabalha mantendo a temperatura média de 36,5ºC, e quando ocorre um desequilíbrio na elevação da temperatura o metabolismo rapidamente se organiza para normalizar essa situação e ai está o segredo...

O efeito termogênico, ou ação termogênica é o gasto elevado de energia (caloria) pelo metabolismo a fim de equilibrar a temperatura do corpo. Em outras palavras, o sistema que auxilia a “refrigeração” do corpo.

Pense no ar condicionado do carro, casa, escritório, enfim... Quando em funcionamento o consumo de combustível ou energia é elevado, e quanto mais baixa desejamos a temperatura, mais consumimos energia... É exatamente isso que ocorre no corpo durante o efeito termogênico, gasto elevado de energia (gordura)!

Então concluindo; a produção de energia pelo corpo gera calor, o corpo usa energia para controlar o calor, ai ocorre uma queda de energia e o corpo produz mais energia e com isso eleva a temperatura do corpo ( aumento do subproduto bioquímico calor) continuando o ciclo que recebe o nome de EFEITO TERMOGENICO.

Outro dia falaremos da termoregulação, importante função do corpo que está diretamente ligado ao efeito termogênico e ao gasto de calorias... Mas agora vamos colocar essas informações em prática...

 

 

Efeito térmico dos alimentos

Agora sabemos que o efeito termogênico ou ação termogênica significa transformar  os alimentos em energia, a matéria prima para a produção de energia vem dos alimentos que consumimos diariamente.

 Cada alimento para ser metabolizado apresenta uma série de combinações químicas, essas combinações caracterizam a função deles no organismo, como será o processo de quebra e quanto será o consumo energético para sua digestão. Por esse motivo, existem alimentos que auxiliam o metabolismo na queima de gordura.

O fato conhecido como efeito térmico dos alimentos está relacionado a energia gasta pelo metabolismo  para a digestão, absorção, transporte e armazenamento dos nutrientes contidos nos alimentos.

As características associadas às funções dos alimentos os classificam como CARBOIDRATOS, PROTEINAS E GORDURAS e são considerados MACRONUTRIENTES, ou seja, de extrema importância para o organismo.

Para o corpo fazer todo o processo de digestão, absorção e transporte dos macronutrientes ele consome energia, estudos mostram que para metabolizar proteína o corpo consome em media 25% de calorias originais provenientes dos alimentos, para  carboidratos  o consumo é em média de 10% e gordura 3% .O mesmo estudo estima que 10% do gasto energético total do corpo é em função do efeito térmico dos alimentos, podendo variar de acordo com a quantidade consumida e equilíbrio nutricional.

Mais uma vez vale lembrar que equilíbrio é tudo, ele é o grande segredo para o sucesso!

Termogênese induzida pela dieta.

Esse é o termo utilizado quando incluímos certos alimentos e deferentes quantidades de macronutrientes em nossa dieta a fim de aumentar a taxa metabólica do corpo. Os   diferentes componentes químicos dos nutrientes  são os responsáveis por  acelerar o metabolismo promovendo a queima extra de gordura.

O grande segredo do sucesso está na combinação e equilíbrio de cada componente químico em quantidades adequadas  para cada tipo de pessoa.

Antes de continuar escrevendo as dicas abaixo, quero ressaltar a importância de consultar um profissional capacitado para elaborar um plano individualizado de acordo com suas características e objetivos. Falo isso, pois o equilíbrio está muito além da quantidade que você põe no prato, ele determina sua energia física, hipertrofia, queima de gordura e muito mais... Por exemplo, se olharmos pelo lado da acupuntura nem todas as pessoas podem comer os mesmos alimentos termogênicos, o que causaria um desequilíbrio ainda maior.

 

 

 

 

Alimentos termogênicos e dicas para turbinar seu metabolismo.

 

                       

 

 

 Apesar de serem excelentes aliados para secar gordura, devemos seguir algumas orientações básicas para consumir os alimentos termogênicos e proteger a saúde.

 

  1. A pimenta quando consumida em excesso pode causar problemas para pessoas que já tem algum problema no aparelho digestivo ou estomago sensível. Consuma com moderação.

 

  1. As melhores refeições para incluirmos alimentos termogênicos são: Café da manhã, lanche da manhã, almoço e lanche da tarde. Isso porque, os termogênicos são estimulantes e podem atrapalhar o sono se consumidos após as 18h.

 

  1. Até agora não existe um estudo especifico que oriente a  recomendação estabelecida sobre a quantidade a ser ingerida desses alimentos por refeição. O importante é manter o equilíbrio para não causar o efeito contrário e acumular calorias. Vale ressaltar que o consumo desses alimentos só deve acontecer se você não tiver nenhuma restrição médica. Pois são estimulantes e em excesso podem causar alterações no metabolismo, como por exemplo, aumento da freqüência cardíaca e pressão arterial.

O efeito termogênico acontece o tempo todo no corpo, mas podemos torná-lo muito mais eficiente quando combinamos alimentos certos e treinamento adequado aos nossos objetivos. Veja na lista abaixo alguns dos principais alimentos termogênicos que devem fazer parte da sua rotina.

Principais Alimentos Termogênicos

Observações

Água gelada

Beber de 8 a 10 copos de água gelada por dia queima cerca de 200 calorias, pois é preciso elevar a temperatura da água gelada no organismo e isso gera um consumo maior de energia (calorias)

 

Gengibre

Pesquisas mostraram que seu consumo freqüente acelera o metabolismo. Suas propriedades estão mais ativas na raiz fresca que pode ser usada crua, refogada ou como chá.

 

Chá verde

Ajuda a reduzir a absorção de açúcar no sangue, favorece o trânsito intestinal e acelera o metabolismo. A quantidade recomendada é 1 xícara de chá de cinco a dez minutos antes das refeições.

 

Canela

 

A canela em pó ou em pau auxilia  o sistema imunológico e também tem poder termogênico. Ela pode ser utilizada como tempero em frutas, chás e misturada no café.

 

Guaraná

Produtos ricos em guaraná ou pó de guaraná possuem a capacidade de quebrar e mobilizar a gordura e usá-la como energia. Ele também é muito utilizado como energético.
 

 

Pimenta

 

A pimenta vermelha (caiena) possui uma substância chamada capsiacina que de acordo com um estudo realizado, mostrou que o consumo freqüente (3g por dia) pode aumentar o metabolismo em até 20%.

 

Óleo de coco

Devido a sua rica composição de nutrientes e ácidos graxos, auxilia no processo de emagrecimento do corpo, sua rica composição tem funções anti- inflamatória e anti- oxidante.

Vinagre de maça

Estudos mostraram a eficácia do produto   na redução da circunferência abdominal. Para surtir este efeito, recomenda-se ingerir 1 ½ colher de sobremesa do vinagre orgânico dissolvido em 200 ml de água, duas vezes ao dia (pela manhã e antes do almoço) ou também para temperar saladas,

 

 

Entre os principais “queimadores” de gordura  também estão:  proteínas (carnes magras) , acelga, couve, brócolis, laranja, kiwi, cafeína, linhaça, salmão, sardinha, mostarda, aspargos, gorduras vegetais (como o azeite) e produtos derivados do chocolate amargo.

Como dica final vale reforçar: Não existe mágicas! Quem pensa que pode emagrecer apenas comendo alimentos termogênicos pode repensar a estratégia, eles precisam ser associados a uma dieta balanceada e a prática regular de atividades físicas para apresentar resultados satisfatórios.

 

Conselho profissional: Emagrecer sem musculação além de causar flacidez  faz o metabolismo ficar mais lento pois a perda de massa muscular acarreta na diminuição do gasto calórico, alterando a taxa metabólica basal.Você pode ler mais sobre esse assunto na matéria: Entenda o que é metabolismo e desvende seus segredos!

Continuem ligados nas matérias e dicas das próximas semanas

Envie suas dúvidas e sugestões para tati.fit@flagranteurbano.com.br.

Blog: HTTP://blogtatifitilantes.blogspot.com

Tenham uma ótima  semana!

Até a próxima!

Tatiana Pitta Gabriel. Personal trainer  criadora do método de treinamento X TRAINING