Em supermercado, você trabalha e ganha desconto

Em supermercado, você trabalha e ganha desconto

Mercado faz os clientes trabalharem como caixas, faxineiros e balconistas - em troca de grandes descontos nos produtos

 

Você vive comparando as ofertas dos supermercados atrás do melhor preço? Agora existe uma maneira infalível de pagar mais barato: arregaçar as mangas e trabalhar no próprio supermercado. Essa é a proposta do People’s Supermarket(veja foto acima), que fica em Londres e tem os próprios clientes como funcionários. O esquema é o seguinte: cada cliente paga uma taxa anual equivalente a R$ 70, e se compromete a trabalhar 4 horas mensais no supermercado - abastecendo prateleiras, limpando o chão ou atrás do caixa. Em troca, ganha grandes descontos nos produtos (um filão de pão, por exemplo, fica até 46% mais barato) e também pode participar das decisões administrativas, como quais produtos vender. Mais de 500 clientes, de estudantes a empresários, já colaboram com o People’s Supermarket, que não tem fins lucrativos. "Eu nem sinto que estou trabalhando", diz a universitária Jocelyn Burton, que trabalha na cozinha do supermercado 3 vezes por semana.
Além de não gastar dinheiro com funcionários e não ter fins lucrativos, o supermercado tem outra estratégia para obter preços mais baixos: negocia diretamente com pequenos produtores locais, e aceita alimentos que seriam recusados pelos grandes supermercados (como legumes pequenos demais). "O desperdício é um grande problema na indústria alimentícia. Eu quero que o meu supermercado seja o mais sustentável do mundo", diz o chef inglês Arthur Potts, criador do People’s Supermarket.

 

 

Fonte:Pedro Caiado