Enfermeiros são mais masculinos do que outros profissionais

Enfermeiros são mais masculinos do que outros profissionais

Mecânicos? Encanadores? Não, não: machões mesmo são os enfermeiros — pelo menos de acordo com uma pesquisa da East Tennessee State University (EUA).

Os participantes do estudo, estudantes de várias áreas, receberam uma lista de 30 características — 10 tipicamente masculinas, como “agressivo”; 10 tipicamente femininas, como “delicado”; e 10 unissex, como “cuidadoso” — e tiveram que indicar o quanto se identificavam com cada item. Depois, as respostas foram usadas para calcular um índice de referência de masculinidade e feminilidade para todos os voluntários.

Entre os futuros enfermeiros, os níveis de masculinidade geral alcançavam 5,3 pontos de 7 — em comparação a 4,9 dos estudantes de outros áreas.

Dá para discutir os resultados — afinal, essa separação generalista de características por gênero pode ser um tanto subjetiva. De qualquer forma, a constatação serve, segundo os pesquisadores, para quebrar alguns estereótipos preconceituosos a respeito dos enfermeiros.

Crédito da foto: flickr.com/sea-turtle

 

Fonte:Thiago Perin