Governo vai diminuir taxas no salário da indústria

Governo vai diminuir taxas no salário da indústria

Guido Mantega afirmou que ajuste de tarifas tem objetivo de diminuir o "custo do trabalho para empresário brasileiro"

 

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que o governo vai ampliar a desoneração da folha de pagamento do setor industrial. Ele fez a declaração após ter se reunido com empresários do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi) hoje em São Paulo. "Vamos ajustar as tarifas de modo a reduzir o custo do trabalho para o empresário brasileiro", disse. Ele afirmou ainda que todos os setores industriais que quiserem poderão participar dessa nova rodada de desoneração.

Leia também:
Produção industrial cai 2,1% em janeiro
Câmbio não continuará se valorizando, diz Mantega

Mantega informou ainda que está conversando com empresários, convidando novos setores a entrar e está discutindo qual alíquota substituirá o pagamento do INSS. "Vamos zerar o pagamento do INSS, 20% sobre a folha, e estamos discutindo qual a alíquota que vai incidir sobre o faturamento", afirmou. Ele lembrou que "começamos com 1,5%, foi experimental com quatro setores e agora estamos discutindo a alíquota e ampliando o número de setores que serão abrangidos". "Mas certamente será uma alíquota que vai beneficiar o setor produtivo. Quer dizer, reduzir o custo e dar vantagens em relação aos produtos importados, que vão pagar o equivalente a essa alíquota", disse.

Mantega não quis se comprometer com o prazo de duração da desoneração. Limitou-se apenas a dizer que será longo. "Começamos com um ano, mas estamos discutindo com os setores a questão do prazo."

 

Fonte:AE