Meu amigo, meu guia

Meu amigo, meu guia

As dicas daquela viagem que você vem planejando podem estar dando sopa no seu Facebook. Conheça o aplicativo que vai atrás dos lugares que seus amigos já foram

 

Minha amiga Gisele Pungan, que tirou um ano sabático para viajar o mundo, está prestes a mergulhar na Índia e no Nepal. Depois de enrolar muito, finalmente escrevi a ela o e-mail com dicas da viagem que fiz entre as margens do ganges e as encostas do Himalaia.

Enquanto revisitava minhas memórias e anotações, me lembrei de vários amigos que teriam dicas úteis para dar a ela. A maioria desses amigos gisele não conhece. mas em minha página de contatos do Facebook eles estão todos lado a lado. Será que existe alguma maneira de transferir experiências desses amigos para ela?

Vários aplicativos que podemos instalar em nosso perfil do Facebook permitem compartilhar experiências de viagem, fazendo um uso mais esperto da rede social. são eles: TripIt (www.tripit.com), Dopplr (www.dopplr.com) e Gtrot (www.gtrot.com).

O Gtrot (www.gtrot.com) me parece o mais interessante. Quando se conecta esse aplicativo à conta no Facebook e se informa para onde vamos viajar, ele vasculha o histórico de nossos amigos, dos lugares por onde passaram a elementos menos óbvios, como legendas de fotos ou comentários em perfis de terceiros. Assim, descobre-se quem tem algo a dizer sobre as cidades que vamos visitar. Aí é só mandar um convite para esse amigo entrar no Gtrot também: as dicas são trocadas nas próprias páginas desse serviço.

Como no caso do Tripit e do Dopplr, o Gtrot permite que, além das dicas, nossos amigos troquem fotos e resenhas de hotéis e restaurantes. Mas o Gtrot vai além, oferecendo ofertas de pacotes em sites de compras coletivas (por ora, somente nos Estados Unidos, mas está prometido em breve para outros países).

A exemplo do Facebook, o Gtrot começou como um projeto de estudos de seus criadores em Harvard e o acesso era restrito apenas aos estudantes. Por tudo isso, acaba de receber investimento do Lightbank, braço financeiro do site de compras coletivas Groupon. Por meio dele mandei a minha dica mais quente para Gisele: em Katmandu, hospedar-se na baratíssima guest house do mosteiro budista Sechen, um verdadeiro oásis no meio da caótica capital do Nepal.

 

Fonte: Ricardo Anderáos