Ser ou não ser um atleta de fim de semana?

Ser ou não ser um atleta de fim de semana?

Ser ou não ser, eis a questão! Se essa ainda é a dúvida que está impedindo você de tomar uma decisão e começar a fazer alguma atividade aos fins de semana, leia as dicas dessa  matéria e descubra as vantagens de investir em sua saúde.

Praticar algum tipo de atividade física é prioridade quando o assunto é saúde. Com a falta de tempo que já faz parte da rotina diária, muitas pessoas utilizam o fim de semana para praticar esportes e dedicar um tempinho para a saúde; são os famosos atletas de fim de semana...

Para abordar esse assunto, gostaria de chamar a atenção sobre algumas dúvidas e questionamentos  que a maioria das  pessoas fazem a respeito da prática da atividade física somente aos fins de semana.

Para responder essas dúvidas, vamos pensar juntos  nas questões explorando as possibilidades, a primeira dica é  não levar tudo o que ouvimos ao pé da letra, ok?!

 

Perguntas e dúvidas freqüentes:

 É perigoso praticar atividade física só aos fins de semana?

Para responder essa dúvida se questione no seguinte: Estou respeitando os limites do meu corpo?Já fui ao médico para saber se meu coração está bem?Quando treino no fim de semana compreendo que não é possível recuperar o trabalho que não fiz durante a semana toda?

Se suas respostas foram SIM;  Fazer atividade física aos fins de semana não é perigoso para você.

O grande perigo está no exagero, o corpo não treinado não pode suportar o mesmo ritmo de um corpo treinado. Seja consciente, procure um profissional para te orientar, não seja competitivo com você mesmo, e o mais importante, não tente recuperar em um dia o trabalha de uma semana, respeite seu limite e tudo correrá bem.

Outro fator que pode sim causar risco ao corpo e quase ninguém associa ao mal súbito, é o fato  que aos fins de semana, e também na hora do futebol com os amigos, é comum o consumo  de bebidas que contém álcool e a ingestão de alimentos que levam mais tempo para serem digeridos; como a carne do churrasco.

A combinação atividade física,  álcool e alimentação mais pesada ao mesmo tempo, exigem muito do metabolismo, que por sua vez, tem que digerir utilizando mais enzimas e suco gástrico, metabolizar o álcool utilizando mais água do organismo e além de tudo nutrir os músculos de sangue e oxigênio para responder aos estímulos necessários ao esporte praticado no momento.Ufa; Então é isso!  Praticar a atividade física aos fins de semana não é o problema, mas os “temperos” que adicionamos a ela que fazem a diferença...

 

Fazer atividade física uma vez por semana é a mesma coisa que não fazer nada?

Para essa questão, se me permite, usarei uma metáfora. Para encher uma bacia é melhor uma torneira pingando do que uma torneira seca!

É claro que fazer atividade física regularmente durante a semana no mínimo 3 vezes é o recomendado por nos educadores físicos, não é invenção,  é exatamente o que nosso corpo precisa, mas  e para as pessoas que não conseguem ou não dispõe desse tempo, qual a solução?

A solução é ter em mente que cuidar do corpo e investir na saúde sempre é um bom negócio, não importa o tamanho do investimento, os lucros acompanharam de acordo com sua dedicação, ou seja, se você dedica 3 dias da semana para a saúde conquistará resultados mais rápidos do que quem apenas  investe um dia por semana, mas ambos ganharão!

Apenas lembre-se : Querer que todo o resultado apareça apenas em um dia é um investimento de risco que pode custar sua saúde!

 

Quero ser um atleta de fim de semana  Parte 1

                          

Se você já pratica ou irá iniciar uma atividade aos fins de semana, seguem algumas dicas para auxiliar nos seus treinos.

Lembre-se de fazer  uma visita ao se médico para saber como está o coração e conversar com um professor de educação física para esclarecer dúvidas pendentes.

Roupas e afins...

Antes de falar sobre o treino, vamos pensar nos preparativos para o treino. Escolher a roupa e o tênis adequado seu tipo de pé e pisada fará toda a diferença. Escolha roupas leves, com tecidos adequados para que sua pele respire e transpire. As roupas com tecidos pesados ou costuras que causem atrito na pele não devem ser utilizadas.

Passe protetor solar mesmo nos dias frios, também use boné e óculos de sol, isso ajudará a proteger os olhos muitas vezes acostumados com a claridade artificial onde passamos a maior parte do nosso tempo.

A meia e o tênis devem ser escolhidos com cuidado, eles são o principal. Utilize meias de algodão para absorver a transpiração dos pés e escolha o tênis ideal para seu tipo de pé e pisada. Nunca use tênis apertado e lembre-se de que quando praticamos  esporte os pés ficam mais inchados, a dica é comprar um tênis com tecido maleável e numeração um pouco maior, mas que deixe os pés seguros e confortáveis ao mesmo tempo.

Para se hidratar aposte na água e na água de coco, não precisa tomar água o tempo todo, nada de encher a barriga de água e sair andando por ai, escute o que seu corpo está pedindo, tome água aos poucos  de preferência mais geladinha para auxiliar no efeito termogênico e dar uma força na queima de gordura.

Leia a matéria: E agora?Com qual tênis eu vou? Para saber como escolher um tênis ideal ao seu tipo de pé e pisada.

Escolhendo  o  lugar...

A cidade de São Paulo oferece opções de parques e avenidas planejadas para quem gosta de caminhar, passear com o cachorro, andar de bicicleta, patins etc...

Para quem mora ou quer conhecer mais sobre a zona norte, as avenidas Brás Leme e engenheiro Caetano Álvares são boas opções  para quem gosta de caminhar no fim de tarde e aos fins de semana.

No  parque da pedra grande ( ao lado do horto florestal), é possível fazer trilhas que levam a uma gigantesca pedra onde é possível avistar  boa parte da zona norte e a serra da Cantareira.

Já no parque da juventude é possível levar os Pets para passear e também utilizar quadras de tênis, futebol, basquete e pistas  de skate e patins.

Sempre prefira lugares mais arborizados e longe das fumaças dos carros, pois o oxigênio é essencial para o trabalho muscular entre outros.

Para mais opções de parques visite o link abaixo, nele você encontrará a relação de todos os parques da cidade de São Paulo e dicas sobre eles.

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/parques/programacao/index.php?p=3329

 

 

Cuide do coração conheça sua freqüência cardíaca...

Antes de sair por ai correndo é importante saber quanto de pressão seu coração agüenta.

A maneira mais fácil de ver se a atividade está forçando seu ritmo exageradamente é pela respiração. Quanto mais ofegante fica a pessoa, maior risco ela corre.

Para saber qual freqüência cardíaca que seu corpo agüenta, você pode utilizar um frequencímetro (relógio que marca a freqüência cardíaca) ou sentir a pulsação durante um minuto em pontos como punho ou têmporas ( lateral da cabeça próximo a orelha) e contar quantas batimentos foram registrados.

De acordo com estudos da fisiologia do esporte essas tabelas representam em média a freqüência cárdia ideal para cada idade.

Homens

 

Idade

Frequência cardíaca ideal

20

120-150 bpm

25

117-146 bpm

30

114-142 bpm

35

111-138 bpm

40

108-135 bpm

45

105-131 bpm

50

102-127 bpm

55

99-123 bpm

60

96-120 bpm

65

93-116 bpm

70

90-112 bpm

75

87-108 bpm

80

84-105 bpm

 

Mulheres

 

Idade

Frequência cardíaca ideal

20

123-154 bpm

25

120-150 bpm

30

117-147 bpm

35

114-143 bpm

40

111-139 bpm

45

108-135 bpm

50

105-132 bpm

55

102-128 bpm

60

99-124 bpm

65

96-120 bpm

70

93-117 bpm

75

90-113 bpm

80

87-109 bpm

 

Para completar seu treino descubra sua freqüência cardíaca alvo. Lendo mais na matéria: Qual sua freqüência cárdica alvo?

 

  Essa semana no blog http://blogtatifitilantes.blogspot.com encontre outras dicas sobre saúde e atividade física.

                                             Tenham uma ótima e agitada semana!

Tatiana Pitta Gabriel.

Personal trainer, criadora do método de treinamento X-TC System Brasil.

Envie suas dúvidas e sugestões para tati.fit@flagranteurbano.com.br