Site internacional do HSBC também tem problemas de acesso

Site internacional do HSBC também tem problemas de acesso

Grupo hacker diz ser responsável por ataque à página.

Outros sites de bancos no Brasil ficaram inacessíveis nesta semana.

O site internacional do banco HSBC (www.hsbc.com) também estava inacessível no início da tarde desta quinta-feira (2). Por volta das 13h50, a reportagem do G1 tentou acessar o site e constatou que o mesmo estava fora do ar.

Procurada pelo G1, a assessoria de imprensa do HSBC em Londres confirmou, por telefone, que o site apresenta problemas técnicos nesta quinta, lamentou o transtorno aos clientes e disse que está trabalhando para resolver o problema. Ainda de acordo com a assessoria, não é possível apontar qual a causa da instabilidade.

No Brasil, o site do HSBC está inacessível desde a manhã desta quinta. A reportagem do G1 constatou que o site do banco estava inacessível por volta das 10h55.

O grupo hacker Anonymous reivindica a autoria dos ataque aos sites do HSBC, tanto no Brasil quanto o internacional. Em mensagem publicada no Twitter, eles afirmam que o "alvo foi atingido" e que o site “hsbc.com.br” "está à deriva". Outra mensagem diz: "Bônus: HSBC Nacional e Internacional estão a dançar o mesmo tango - Tango Down".

Procurado pelo G1, o HSBC no Brasil informou, por meio de nota, que o site está apresentando um volume de acessos acima do esperado.  "O banco está trabalhando para normalizar o serviço e esclarece aos clientes que há outros canais alternativos de atendimento, como caixas eletrônicos e Phone Centre."

Na segunda-feira (30), o Anonymous disse que derrubou o site do Itaú e, na terça-feira (31), o grupo assumiu autoria pela queda do site do Bradesco.  O Itaú afirmou que apenas passou por uma instabilidade temporária. Na quarta-feira, foi o site do Banco do Brasil que ficou fora do ar.

No Twitter, grupo diz ser responsável pela queda do site do banco  (Foto: Reprodução/Twitter)No Twitter, grupo diz ser responsável pela queda do
site do banco (Foto: Reprodução/Twitter)

O Bradesco afirmou que teve uma sobrecarga acima do normal, mas não confirmou que sofreu ataques. O canal de internet banking do Bradesco recebeu mais do que o dobro da quantidade usual de acessos na manhã desta terça-feira, o que causou lentidão e fez com que alguns clientes não conseguissem entrar na página na primeira tentativa, segundo o diretor-vice-presidente da instituição Aurélio Conrado Boni.

Em nota divulgada no início da tarde, o Banco do Brasil informou ter registrado picos no volume de acessos ao site durante a manhã de terça, "fato que causou lentidão no sistema em algumas regiões do país

Embora os ataques aos sites não tenham sido confirmados pelas instituições, o Anonymous anunciou no microblog que realizaria ataques a diversos sites de bancos brasileiros nesta semana.

 

 

 

Fonte:G1