Suplementos termogênicos

Suplementos termogênicos

Olá a todos! Nas últimas semanas falamos sobre os fatores fisiológicos responsáveis pelo efeito termogênico. Essa semana para complementar falaremos sobre os suplementos termogénicos, também chamados de queimadores de gordura (fat burners).

 Sua principal função é aumentar o metabolismo e ajudar a queimar a gordura armazenada como energia. Eles elevam a taxa metabólica basal (TMB), por isso queimam mais calorias. O poder que causa  essa mudança no metabolismo está realcionado a combinação de substâncias variadas presentes em diferentes marcas encontradas em lojas especializadas.

Apesar de parecer a solução de todos os problemas, como uma pirula mágica, é importante saber que sem atividade física e uma dieta que acompanhe seus objetivos a “mágica” não acontece.O objetivo dessa semana não é motivar o consumo desses suplementos, mas sim, auxiliar você leitor  a “decifar” o significado de algumas substâncias presentes nesses produtos e os possíveis efeitos colaterais que eles podem causar...

 

Como funcionam?

 Há literalmente umas centenas de produtos termogênicos no mercado.

 Existem misturas para as mulheres, para homens, para os fisiculturistas, para pessoas que tentam perder uma quantidade significativa de peso ou para quem está tentando perder os últimos quilos que insistem em ficar.

A maioria dos suplementos têm alguns ingredientes em comum, embora os montantes desses ingredientes variam.

Uma das funções dessas combinações é estimular o corpo a liberar adrenalina, isso provoca aceleração nos batimentos cardiacos e mais disposição para a atividade fisica; Toda essa agitação causa um pequeno aumento na temperatura corporal e todo o ciclo termogênico acontece (leia mais nas materias anteriores).

 

Antes e depois da efedrina

 

                                                 

 

As primeiras composições de suplementos termogênicos combinavam efedrina e cafeina; Sua formulação era realmente forte e os resultados rápidos, porém perigosos  a saúde.Devido  seu alto risco , a efedrina está proibida na maioria dos países incluindo Brasil e Estados Unidos , um dos principais fabricantes de suplementos.

Para solucionar a falta da efedrina na composição das formulas dos queimadores de gordura, entra em cena a sinefrina, que apresenta efeito similar a efedrina, porém é menos arriscada. Para se ter uma idéia de quanto menos a sinefrina  é arriscada a saúde, ela está presente em grande quantidade na laranja amarga ( uma especie de laranja oriental).

Após a proibição da efedrina, a composição básica dos suplementos termogênicos apresentam uma combinação de Cafeina e sinefedrina, porém outras substâncias  também fazem partes da sua composição.

 

Significado dos componentes.

Para escrever essa parte da matéria, realizei uma pesquisa referênte aos componentes que mais estão presentes nas diferentes marcas de termogênicos. É importante reasaltar que as definições e classificações abaixo apresentam diferentes fontes de pesquisas e estudos.

Como a maioria dos suplementos são importados e encontramos nos rótulos o idioma inglês, vou escrever alguns  nome das composições nos dois idiomas.

 

 

 Synephine  Sinefrina:

As principais fontes naturais são: Citrus Auratium e Citrus unshiu. O extrato da laranja amarga (citrus aurantium) é rico em sinefrina, e tem sido usado a muito tempo pela medicina tradicional chinesa como inibidor de apetite e emagrecedor. Atualmente a sinefrina é comumente usada na forma de suplementos para o emagrecimento e perda de gordura principalmente em regiões como a barriga. Sua ação farmacológica inclui uma alta taxa de atividade dos receptores Beta-adrenérgicos exerce uma série de efeitos sobre o corpo humano. Como: Estimulação da lipólise, que é a degradação das gorduras e dos lipídios para a geração de energia.Aumento da atividade cardíaca, pois além de acelerar os batimentos, aumenta também capacidade de bombeamento do coração. Aumento do fluxo sanguíneo para o músculo esquelético (músculos motores), maior vascularização e por consequência maior desempenho físico.

Importante: Por ser uma substância estimulante, aumenta a capacidade de percepção, hiperativeidade e insônia.

 

CLA ácido linoléico conjugado:

O ácido linoléico conjugado (CLA), que representa um conjunto de isômeros do ácido linoléico (18:2 n-6), tem sido considerado um potente agente anti-obesidade, pelas suas possíveis propriedades moduladoras no metabolismo lipídico. Entretanto, seu efeito quanto à perda de peso ainda é controverso.

O CLA se refere a uma mistura de isômeros do ácido linoléico (18:2 n-6) em que as duplas ligações são conjugadas em vez de existirem na configuração interrompida metilênica típica. É produzido no rúmen de animais pelo processo de fermentação, envolvendo a bactéria Butyrovibrio fibrisolvens, ou pela síntese via a9-dessaturase do ácido 11-trans octadecanóico.

O CLA é encontrado em maiores concentrações na gordura de ruminantes, como, por exemplo, carne de gado, laticínios, entre outros.

 

Acetil L-Carnitina (ALC):

Derivado da L-Carnitina e geralmente usado para prevenir fadiga, aumentar a energia e manter a massa magra. O ALC tem função similar a L-Carnitina no transporte de AGL, para sua metabolização dentro da mitocôndria. Alguns estudos médicos mostraram que o ALC ajuda a estimular o neurotransmissor acetilcolina, melhorando as função cognitivas degradadas

 

 

 

 

HCA  Ácido Hidroxicítrico (HCA ou Citrimax) :

Auxilia o metabolismo a inibir a conversão de carboidratos em gordura. A enzima necessária para a conversão da glicose em gordura é denominada ATP-citrato-liase. A atividade desta enzima converte o citrato em Acetil-CoA que é o último composto carbônico necessário a síntese de ácidos graxos, o Citrimax atua competindo/inibindo a ATP-citrato-liase. Essa enzima também é necessária para manter a concentração de Acetil-CoA usado na produção de ácidos graxos e colesterol, especialmente em estados de alta produção de lipídios como o induzido por alta ingestão de carboidratos. A inibição de sua atividade elimina a fonte de dois carbonos usada para manufaturar ácidos graxos e colesterol.


Salicin( willow bark) salicina:

Dentre as informações referentes a essa substância apenas são relatodos que ela tem os efeitos similares à aspirina, mas ao contrário desta, supõe-se que não cause problemas estomacais.
Significado de Salicina: sf (sálici+ina) Quím Glicosido fenólico que se obtém em estado puro da casca de salgueiro e de algumas espécies de choupos; Usado em medicina como antipirético, anti-reumático e tônico.

 

Caffeine cafeína:

A cafeína pertence a um grupo de compostos solúveis chamados purinas, encontradas naturalmente em grãos de café e de cacau, chás, guaraná, chocolate, bebidas a base de colas e sob a forma de comprimidos.

A cafeína estimula a liberação de adrenalina que age como antagonista dos adenina-receptores nos adipócitos, promovendo a lipólise, ou seja, queima de gordura.


 

Efeitos colaterais


 Os efeitos colaterais das substâncias dos termogénicos geralmente aumentam em gravidade com a quantidade consumida. Efeitos colaterais comuns são agitação, nervosismo, insônia, irritabilidade e uma sensação semelhante à hiperatividade. Efeitos colaterais mais preocupantes são dores de estômago, diarréia, náusea, insônia, alterações de humor . Sérios efeitos colaterais incluem disfunção renal, stress glândula adrenal / disfunção, acidente vascular cerebral, ataque cardíaco e pressão arterial elevada.

 

 

Avisos

Algumas pessoas aumentam a dose para tentar obter melhores resultados, o que pode causar efeitos secundários mais graves e possíveis dependências do produto.

As substâncias dos termogênicos são destinados para uso a curto prazo.  Hidratação adequada é necessário quando se toma  termogênicos,  pois a temperatura corporal elevada pode levar a desidratação.

 Leia mais sobre as composições dos termogênicos no blog: http://blogtatifitilantes.blogspot.com

 

FELIZ NATAL e até a próxima semana!

Tatiana Pitta Gabriel.

Personal Trainer, criadora do método de treinamento X TRAINING