Uma pitada de tabaco

Uma pitada de tabaco

Cientistas conseguiram extrair dessa planta uma proteína considerada riquíssima. Sendo assim, o tabaco poderá ser colocado em doces, molhos e bebidas.

 

No futuro, as donas de casa poderão encontrar nas prateleiras dos supermercados geléias com tabaco ou até refrigerantes com o mesmo ingrediente. Bioquímicos da Universidade de Kentucky, Estados Unidos, conseguiram extrair dessa planta uma proteína considerada riquíssima. Os cientistas trituram folhas verdes de tabaco para obter um extrato, que então é filtrado. O produto desse processo é um pó branco, sem cheiro e sem sabor, que concentra duas vezes mais proteínas do que o ovo ou o leite integral. A proteína do tabaco não guarda nenhum resquício nocivo à saúde. Além disso, é possível acrescentar o pó a doces, molhos e bebidas. O novo ingrediente, por sinal, já está sendo testado na Suécia e na Itália.

 

 

 

Fonte:Super